O que você tem feito por você?
Estilo de Vida

O que você tem feito por você?

A verdade é que o medo de morrermos sozinho não é mera ficção, para muitas pessoas essa possibilidade faz com que estas aceitem o medíocre ou se contentem com o pouco pelo simples fato de ser o mais seguro. Não estou aqui julgando o que é pouco ou medíocre, pois isso é relativo para cada pessoa e o que ela busca, e sim aquela voz no fundo de cada um que sabe exatamente quando estamos mentindo para nós mesmos e aceitando menos do que merecemos. Meio aleatório, eu sei, mas continua lendo que você vai entender.

 

Outro fator importante a se levantar é a busca constante de sermos amados e aceitos por todos. Fazemos diversas coisas que não gostamos no dia-a-dia pelo simples fato de querer agradar o próximo. Mas pare para refletir um segundo. Alguém que não é odiado por ninguém é amado por todos? Não estamos defendendo a ideia de que você deve ser egoísta e não ajudar ou fazer nada por ninguém, porém quando você faz algo para o próximo esperando algo em troca  (ser aceito, receber o mesmo de volta, etc) a sua causa não é nobre, esta caminhando mais para a manipulação.

 

Quando nos desvirtuamos de nosso próprio ser e mudamos nossa personalidade como camaleões sociais só para agradar aos outros, não estamos apenas mentindo para as pessoas as nossas voltas, mas também impedindo de que as pessoas que realmente teriam uma conexão conosco não enxerguem nossa verdade e só vejam o nosso superficial.

 

Muitas pessoas que vivem nesse paradigma buscando agradar os outros tendem a esconder seus próprios sentimentos, pois tem medo de mostrar o que realmente estão sentindo e de não serem aceitas pelos outros por não serem perfeitas, compensando com essas atitudes de manipulação. O que ocorre portanto é que elas não se abrem de verdade para ninguém e acabam não conseguindo nenhuma conexão real com o próximo, vivendo em relacionamentos superficiais, o oposto do que ela espera com suas atitudes.

 

Mas o que essas questões têm a ver com o que temos feitos por nós mesmos? Simples… O medo de não sermos aceitos pelos outros e vivermos uma vida solitária impede que a gente busque aquilo que realmente somos, e aquilo que realmente faríamos caso ninguém fosse capaz de nos julgar por nossas atitudes. Não viva sua vida com medo do que os outros vão achar, viva sua vida com medo de não saber quem você realmente é.

 

Use o medo como inspiração

Compartilhar

Posts Relacionados